Dra. Patrícia Segurado Nunes

** Psicóloga Clínica **

** Psicoterapeuta de Crianças, Adolescentes e Adultos **

** Terapeuta de Casal e Famílias **

** Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses **

** Membro da Sociedade Portuguesa de Psicologia Clínica **

** Membro da POIESIS - Associação Portuguesa de Psicoterapia Psicanalítica de Casal e Família **


Qual é a diferença entre Aconselhamento/Acompanhamento Psicológico e Psicoterapia?







A diferença entre Aconselhamento (ou Acompanhamento ou Apoio) Psicológico e Psicoterapia é uma questão muito importante e que pouco explicada, o que leva a mal-entendidos e por vezes confusões, muitas vezes até por parte dos técnicos de saúde.

Define-se Aconselhamento Psicológico como a ajuda prestada por um Psicólogo Clínico com vista a melhoraria da sensação de bem-estar, alívio de um sintoma específico ou resolução de uma crise. Ou seja, funciona bem em situações pontuais mas não permite o tratamento eficaz de psicopatologia.

A Psicoterapia é realizada por um(a) Psicoterapeuta e é um processo mais longo e profundo que permite à pessoa chegar a uma compreensão mais completa de si, das suas características. Esta técnica, realizada por um Especialista, permite que a mudança seja eficaz e permanente, não havendo, quando os processos psicoterapêuticos são completos, o risco de recaídas. Daí que na maioria dos casos, os processos sejam de longa duração. Para que o processo seja eficaz e promova uma mudança eficiente na forma como a pessoa se relaciona com o mundo exterior e lida com as dificuldades inerentes à vida do dia-a-dia, as sessões são necessariamente e no mínimo semanais e continuadas.